Parabéns para mim

Em três dias eu faço 21 anos e, para ajudar meus amigos que não sabem o que me dar, montei uma mini wishlist de aniversário… Tem coisas mais caras e mais baratas e outras que ajudam a “inspirar” pelo menos. Se é pra ficar mais velha, que seja com estilo, né? =D

1 – Acho que ainda não está à venda no Brasil, mas o CD novo da Kylie Minogue já saiu no exterior e está à venda na Amazon.com pela pequena bagatela de US$ 14.

2 – Desde que eu conheci o Annayake nunca mais quis outro perfume. Como comprei no exterior há um tempão e nunca vi aqui pra vender, acho que não é assim um presente muito fácil, mas vale a dica de que perfume pra mim (e cremes e afins também) tem de ser bem levinho, com uma fragrância mais refrescante que doce.

3 – True Blood é uma das minhas séries preferidas dos últimos tempos, mas como passa nos horários loucos da HBO e eu não tenho paciência para baixar, fico na vontade de comprar os DVDs. O que impede são só os preços, R$ 60 a primeira temporada e R$ 120 a segunda (além das próximas que estão por vir).

4 – Admito que é meio brega, mas ando querendo óculos novos, de preferência de oncinha. Quem me deixou com mais vontade ainda foi @Suipel depois de sua viagem para a Austrália com esses óculos lindos de morrer. Os da foto acima são baratinhos, só R$ 35…

5 – A assinatura da minha revista preferida também é um presente certo de acertar, que eu estou namorando há um tempão. Por um ano fica por R$ 144 e por dois R$ 288. Além da Elle, eu adoro a Vogue e a Criativa, tá? =P

6 – Esse arco lindinho da foto é da Um de Cada, loja online fofa que uma colega de trabalho me apresentou há umas duas semanas. Achei tudo deles lindo e, apesar de os preços serem mais altos, a qualidade é ótima (o arco da minha colega era bem esse da foto, que custa R$ 35).

7 – Outra loja linda que conheci recentemente foi a Maria Bijoux, de três jovens designers aqui de Brasília. Na maior parte elas fazem colares, divertidos e fofos como o da foto. Só não fiquei sabendo o preço…

11 de julho de 2010. Aleatório, Compras, Internet, Música, Moda, Televisão. Deixe um comentário.

Copa do Mundo

Está rolando agora o segundo jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo e o país inteiro (ou quase isso) está de olho querendo ver um desempenho melhor do que o da última terça-feira, contra a Coreia do Norte. De todo jeito, para nós mulheres o mais importante quase sempre não são os jogos em si, mas sim a torcida e a bagunça que fica em todos os lugares.

Pensando nas torcedoras com estilo, várias lojas lançaram coleções patriotas. A Dress To lançou camisetas especiais para mulheres e também para meninas, na linha infantil. A Maria Filó tem desde camisetas criativas até fitas para o cabelo e tênis. Já a Farm adotou como mascote do time brasileiro o personagem clássico da Disney Zé Carioca. A ideia serviu até de “inspiração” para a C&A… Finalmente, a Enjoy está vendendo uma única camiseta com o tema da Copa. Mas a peça é tão charmosa que já faz sucesso com celebridades. Para torcer e ficar linda né?

20 de junho de 2010. Compras, Moda, Televisão. Deixe um comentário.

Manual de Reportagem

De vez em quando, ao assistir um telejornal de uma emissora qualquer, não bate aquela sensação de lugar-comum? Tipo: “já vi isso antes”… Foi mais ou menos desse pressuposto que partiu o humorista/repórter Rafinha Bastos, do CQC, no vídeo Manual de Reportagem. São dicas para fazer uma daquelas matérias mais básicas de televisão, provavelmente sobre alguma pesquisa ou estudo. Impossível não ter uma sensação de deja vú e, claro, rir horrores…

PS: Minha amiga Trícia deu a dica também do vídeo que inspirou esse (em inglês).

6 de março de 2010. Jornalismo, Televisão, Vídeo. 1 comentário.

Maísa

Sério, não posso com a menina Maísa. Depois de Raul Gil, programa infantil no SBT, sátira no Pânico e mil e uma pérolas, Maísa causa até no programa do Silvio Santos, que dificilmente é ofuscado por alguém. Nesse vídeo ela surta ao ver um pobre menino fantasiado de monstro. Quem tinha que ter medo era ele, isso sim!

Uptade: E não é que a história rendeu? Depois de expor a menina em público Silvio Santos perdeu o quadro “Pergunte à Maísa”. E desde sexta-feira (22) o Ministério da Justiça proibiu a presença dela no programa de domingo à tarde. Ela só vai poder apresentar os programas infantis que já liderava antes.

Acho uma pena porque ela é muito engraçada e sempre aprontava alguma com o Silvio Santos. Mas tudo bem, pelo menos ela ainda vai aparecer no Domingo Animado e assustar criancinhas. Porque sério, ela ter medo de outras crianças acho impossível…

18 de maio de 2009. Celebridades, Televisão. 6 comentários.

Alice

Alice é um nome lindo né? Quando eu penso em uma Alice eu penso em uma menina (de qualquer idade) que é doce mas também é forte. Alice é o nome da minha avó linda. É um nome que eu gostaria de ter. E é o nome que eu eu sempre quis dar pra minha filha (se é que eu vou ter uma um dia). Enfim, pela magia desse nome eu resolvi abrir uma exceção daquele meu preconceito com séries novas e its que eu tinha falado antes aqui, e resolvi assistir hoje à nova série da HBO, chamada… Alice (dã).
Na verdade a estréia foi domingo passado. Mas como domingo é um péssimo dia pra se ver séries e nesse ainda teve o Emmy, vi pela internet. No site feito pela HBO pra série.
A personagem do título é a protagonista (dã again), uma garota de 25 anos moradora de Palmas que está prestes a se casar, mas tem que interromper os planos de mudança para ir ao enterro do pai, que morava em São Paulo e se jogou do vigésimo andar do prédio em que morava com a madrasta e a meia-irmã de Alice. Inicialmente ela vai pra voltar no dia seguinte, mas acaba perdendo o voô e se perdendo na metrópole desconhecida. Tenta alcançar a tia que a estava hospedando mas não consegue achá-la. Daí liga para uma amiga e acaba indo pra uma festa. E daí começa a paixão de Alice por São Paulo e sua falta de vontade de ir pra casa.
Nesse piloto não dá pra saber exatamente qual vai ser o rumo da série. Tudo parece mais um filme “acompridado” que uma série propriamente dita. Mas não que isso seja ruim. Muito pelo contrário. Os atores são melhores que o normal, a fotografia é alucinantemente linda e até a história é mais cativante (por mais que a primeira vista possa parecer meio simplezinha demais). Enfim, parece ser excelente, mas não deu pra dar o veredicto final ainda não. Mas de todo jeito, recomendo.

23 de setembro de 2008. Televisão. 1 comentário.

Emmy 2008

Eu sou uma pessoa extremamente viciada em séries. Mas sempre procuro administrar o tanto de coisas que eu assisto pra não virar total escrava da TV (o que há uns anos eu realmente era). Daí, como eu também sou fiel às que eu assisto e quase nunca descarto uma série “boa e velha” por uma “promissora e nova”, acabo vendo só as “feijão com arroz” (dentre minhas preferidas estão as já ultrapassadas Lost, Heroes, e Prison Break e as que pouca gente que eu conheço vê como Chuck, Ugly Betty e Medium) e não vejo as its, do momento.
Nessa história toda, eu sempre acabo nem dando muita bola pro Emmy (mas assisto toda vez) porque os prêmios vão quase sempre pras séries its (o que é de se entender). Então eu assisto mesmo só pelas partes engraçadas que os atores participam. E nesse ano pra mim os grandes vencedores no quesito “parte engraçada” foram o Ricky Gervais “roubando” seu Emmy do ano passado do Steve Carrel e o tal de Don Rickles, um comediante de 82 anos que eu não conhecia mas me apaixonei só pelo tanto que ele me fez rir naquela apresentaçãozinha dele com a mocréia ruiva.
Fora isso, teve também aquela parte final dos cinco apresentadores de reality shows que foi engraçadinha (mas eu queria que a Heidi tivesse ganhado) e diz que a parte do começo em que arrancaram a roupa da Heidi foi boa também, mas daí eu não vi porque comecei a ver já era umas nove horas. Mas enfim né?
Aí embaixo segue o vídeo da parte do Ricky Gervais (a do Don Rickles eu não achei) pra você ver do que eu estou falando…

PS: Pra quem não sabe o Emmy aconteceu ontem a noite e a Sony passou ao vivo (e sem dublagem simultanêa! =D) às 19h. A reprise legendada vai ser domingo que vem às 21h.

22 de setembro de 2008. Televisão. Deixe um comentário.