Sorria

Do Orkut: “Sorte de hoje: Sorria. Isso basta” ;]

Anúncios

18 de dezembro de 2008. Aleatório. Deixe um comentário.

O Bush e o Wii

Notícia mais bizarra e mais comentada da semana (pelo menos até agora), a sapatada que o presidente Bush quase levou de um jornalista iraquiano só me fez lembrar uma coisa:

Os desvios de chuteiras do joguinho do Wii Fit! Certeza que ele treina diariamente em casa e por isso não sofreu nenhuma lesão com o sapato do repórter…

17 de dezembro de 2008. Jornalismo, Vídeo. Deixe um comentário.

Shop Your Closet

Nas férias, a maioria das pessoas viaja ou simplesmente descansa da vida dura. Já os mais “atoinhas” como eu, acabam se vendo com tempo demais nas mãos e ou dormem e comem o dia todo ou acabam saindo de casa e gastando horrores. Pra não ser vítima do consumismo em época pré-liquidações (deixar o dinheiro pra gastar em janeiro é beeeem mais negócio!), uma sugestão é dar uma organizada na casa e, principalmente, no guarda-roupa. É bom para lavar a alma e se sentir melhor consigo mesmo. Até porque, dá pra esvaziar o armário com as roupas que não usa mais e fazer uma caridadezinha de fim de ano.
Limpar o closet quase todo mundo sabe fazer. Mas limpar bem, já são outros quinhentos. Para isso, sugiro uma lidinha nesta matéria excelente de uma InStyle velhona que eu tenho guardada até hoje.

15 de dezembro de 2008. Compras, Jornalismo, Moda. Deixe um comentário.

Propaganda boa

Não é de hoje que o mundo publicitário surpreende os consumidores com peças que esbanjam criatividade. Algumas propagandas são tão engraçadas ou bonitas que marcam e dificilmente são esquecidas. Outras causam polêmica e por aí vai. Mas o mais legal da publicidade é com certeza a inteligência por trás dos anúncios. Tem coisas que são simplesmente geniais.
Um exemplo é essa campanha do Timmie Spa, um pet shop de Toronto, que, com muita criatividade, pede aos clientes que deixem seus animais relaxarem. Simplesmente brilhante.

13 de dezembro de 2008. Publicidade. Deixe um comentário.

Presente Masculino

presente-masculino1

Fim de ano chegou e agora vem Natal, Ano Novo e todas aquelas festinhas maravilhosas. Nada melhor né? O problema é o dinheiro que, apesar de chegar maior, consegue sair ainda mais rápido nessa época do ano… Com tantos amigos ocultos e afins fica difícil sair da pindaíba e, principalmente, ser criativo e agradar de verdade.
Pra dar presentes, o ideal é seguir o gosto da pessoa e evitar ao máximo aquele negócio de dar alguma coisa que “você mesmo gostaria de ganhar”. Tem que pensar em quem vai ganhar mesmo.
Normalmente, é mais fácil apostar em presentes certos (tipo o meu irmão que coleciona dvds). Mas, para não cair na monotonia e dar sempre a mesma coisa, vale arriscar e pensar out of the box. Principalmente se você não conhece assim tão bem a pessoa.
Pra mim, o mais difícil são de longe os homens. Mulheres, a grande maioria, já se satisfaz com algum acessório ou cosmético. Já os homens quase sempre tem de tudo e não querem nada de especial. Em casos de amigos ocultos é pior ainda porque não se sabe tamanho de roupa e muito menos gosto pessoal.
Assim, aqui vão algumas dicas de como agir em situações de “ah meu Deus, o que eu compro pra ele??”

1. Pesquisa de Campo
Se não conhece a pessoa direito vá à procura. O gosto da pessoa facilita muito na hora de escolher. Fuçar o Orkut atrás de bandas, por exemplo, pode garantir um cd. Já filmes preferidos, podem levar a dvds do mesmo gênero. E por aí vai.

2. Escolhas criativas
Noite romântica pra namorado ou gravata pro pai é um pouco deprimente de tão não-inspirador. Então, o negócio é pensar diferente. Vá num shopping e passeie sem procurar nada específico. Olhe de tudo. Mesma coisa na Internet. Às vezes onde menos se espera bate aquela luz.

3. Senso de Humor
Presentes “engraçadinhos” (desde que não sem graça, óbvio) podem ser uma boa opção, principalmente pra homens mais jovens. Livros como esse ou camisetas tipo essas daqui são algumas das – várias – opções. É só saber procurar.

4. Noção de preço
Isso vale pra presentes femininos também. Não adianta nada você gastar uma fortuna com um presente que a pessoa não goste. O importante ao presentear é dar de coração (brega, mas verdade) e ter a malícia de saber que imagem é tudo. Presentes que custam pouco mas aparentam muito podem algumas vezes fazer milagres.

5. Em último caso, futebol!
Quase todos os homens brasileiros gostam de futebol. O time é fácil descobrir. Daí é só ver o que combina mais com ele: uma camisa, um chinelo, um chaveiro ou até ingressos para o jogo ou uma visita ao clube. Em último caso, vale de tudo, até ir com ele em uma partida…

Observação final: A não ser que seja alguém um pouco desconhecido, acho importante fazer um cartãozinho. Nem precisa ser daqueles caros. Só uma mensagenzinha em um pedaço qualquer de papel já vale muito e mostra que você se importou.

12 de dezembro de 2008. Compras. Deixe um comentário.