Google.moda

Que o Google é o site mais dinâmico e cheio de ferramentas “secretas”, isso não é nenhuma novidade. Mas não é que até na moda o pastor dos internautas resolveu se meter… Além da página Boutiques, em que pretende ajudar as mulheres a definir e melhorar o estilo próprio (lembra o Polyvore), o Google Images aparentemente serve até como provador virtual de roupas. Eu explico: uma propaganda do site mostra um grupo de amigas japonesas projetando imagens de vestidos, saias e afins na parede e as “experimentando” no corpo. Além de fofo e divertido, o comercial é muito inspirador. Amei!

Anúncios

5 de janeiro de 2011. Compras, Internet, Moda, Publicidade, Vídeo. 2 comentários.

Rosie and Me


Me lembrou um pouco Mallu Magalhães (que eu detesto), mas não é que gostei dessa Rosie and Me… É mais uma banda lá de Curitiba, composta por dois caras e uma garota chamada Rosanne (quase o mesmo nome da minha mãe, sem o “n” a mais =D). O mais engraçado é que eu conheci por um blog da gringa, super legal inclusive, o Black Eiffel. A Rosie and Me toca um indie folk leve e despretensioso. Do tipo para ouvir em casa e relaxar.

Além disso, investem bastante na parte visual, com essa capa linda do EP Bird and Whale criada pela própria banda e clipes fofos, como o da música Bonfires (abaixo), que tem eles andando de bicicleta e cantando e tocando rodeados de cupcakes e umas fumaças loucas a la Ke$ha.  Outra fofura é a criancinha que eles colocaram para fazer playback no vídeo de Old Folks. Enfim, para quem ainda não conhece, vale a pena.

7 de setembro de 2010. Internet, Música, Vídeo. 2 comentários.

Stop motion rocks

Ela pode até não ser bonita, mas tem uma voz encantadora. Além disso, a cantora e compositora norte-americana Laura Veirs fala sobre assuntos reais em suas letras, de uma forma tão fofa que conquista no primeiro contato. Ainda para completar, os clipes dela são fantásticos e têm como marca registrada uma das técnicas que eu mais gosto: o stop motion (aqueles frames encaixados um por um para dar a ideia de movimento da imagem).

Nos clipes das músicas Phanton MountainJuly Flame, por exemplo, objetos inanimados ganham vida e viajam pela imaginação de seus criadores. Em Galaxies (a melhor música na minha opinião) e em Cast a Hook in Me, ela própria encena os vídeos. Já em Don´t Lose Yourself, há uma mistura entre desenho, stop motion e filmagens com atores em uma história super bonitinha de amor…

Apesar de já estar em seu sétimo álbum (o primeiro lançado em 1999), eu não conhecia o trabalho de Laura e acredito que nem todo mundo tenha ouvido falar dela. Por isso mesmo, recomendo o Myspace dela e todos os vídeos do Youtube. É música meiga, que me lembrou muito as músicas da dupla Tegan and Sara, também ótima por sinal.

6 de julho de 2010. Ilustração, Internet, Música, Vídeo. 2 comentários.

Cinema sobre rodas

Estou há um tempo já para comentar aqui sobre esse filme super legal, dirigido pela diva Drew Barrymore e baseado no livro de Shauna Cross. Garota Fantástica (Whip it, EUA: 2009) fala sobre um esporte radical feminino norte-americano, no mínimo, inusitado:  o roller derby. Muito famoso na década de 1970 nos Estados Unidos, é jogado em equipes, com patins, normalmente por meninas. Em uma pista redonda e inclinada, elas competem pelo maior número de voltas e ultrapassagens, levando empurrões e pancadas no meio do caminho. Na versão de Barrymore e Cross, além de duronas, as jogadoras são sexy e cada time tem um uniforme mais piegas que o outro.

A personagem principal, Bliss Cavendar, interpretada pela lindinha Ellen Page (mais conhecida como a protagonista de Juno), vive entediada em uma cidade do interior do Texas, participando de concursos de beleza a mando da mãe. Até o dia em que ela vai a uma competição de roller durby e se encanta com o esporte, entrando para um time com o nome de guerra Babe Ruthless. Daí em diante o roteiro é bem previsível, mas não deixa de ser engraçadinho e criativo, com atuações boas, inclusive da própria diretora, que faz uma das integrantes do time. O mais curioso é que, para criar a história, Shauna Cross se inspirou em uma jogadora famosa de roller durby de verdade “chamada” Babe Ruthless. Abaixo o trailer legendado do filme:

22 de junho de 2010. Cinema, Vídeo. Deixe um comentário.

Nova coleção da J. Crew

Para voltar ao ritmo “normal” do blog, quero compartilhar uma coleção de moda feminina das mais fofas. As roupas nem são tão deslumbrantes, mas o que chama a atenção é a divulgação. Ao invés de colocar apenas o look book na internet, a J.Crew (marca americana super tradicional) postou um vídeo com uma modelo trocando de roupa descontraidamente. A trilha em francês foi composta pela própria equipe da loja e a peça principal é uma camiseta listrada marinheiro bem parisiense e bem tendência. O vídeo todo lindo pode ser visto: aqui.

19 de junho de 2010. Compras, Internet, Moda, Publicidade, Vídeo. Deixe um comentário.

Girls With Glasses

Criar um talk show para mulheres inteligentes foi a ideia de Brooke White e Summer Bellessa, duas amigas norte-americanas que se conheceram pelo Myspace. Foi assim que, despretenciosamente, elas criaram o The Girls with Glasses Show (algo como Programa das Garotas com Óculos), para entreter e informar sobre moda, arte e música, tudo com muita leveza e humor.

O curioso é que Brooke e Summer são relativamente famosas. A cantora loira ficou entre os cinco finalistas da 7ª temporada do American Idol e a linda ex-modelo morena hoje edita uma revista virtual chamada Eliza. E é claro que as duas usam óculos de grau na vida real.

Até agora as duas lançaram apenas vídeos promocionais, mas eles próprios já são brilhantes, combinando música e figurino de uma forma maravilhosa. Se o programa for como o vídeo da música tema I Am A Girl, as chances de dar certo são grandes. =)

21 de abril de 2010. Internet, Música, Moda, Vídeo. 2 comentários.

Copacabana Club

Eles tem um blog no site da MTV, fizeram parte do projeto Levi´s Music no ano passado, tem um dos singles como vinheta do canal Fox e como trilha de um reality show. Além disso, apareceram no blog do rapper Kanye West, na capa da Ilustrada da Folha e já fizeram shows pelo país afora e também no exterior, tendo aberto para o Friendly Fires no ano passado, no Rio de Janeiro, e ganhado um remix da banda Boss in Drama.

Quem lê imagina uma banda veterana na cena musical brasileira, provavelmente paulistana. Que nada! Esse quinteto curitibano só tem três anos de formação, ganhando o prêmio de banda revelação no último Video Music Brasil, da MTV. O Copacabana Club combina melodias femininas com sintetizadores indie rock e já foi comparado com The Ting Tings e New Young Pony Club. Fazem todo esse sucesso por um motivo simples: são bons no que fazem. Para conhecer mais vale passar pelo Myspace da banda e conferir o clipe do principal single deles: Just Do It.

4 de abril de 2010. Internet, Música, Vídeo. Deixe um comentário.

Manual de Reportagem

De vez em quando, ao assistir um telejornal de uma emissora qualquer, não bate aquela sensação de lugar-comum? Tipo: “já vi isso antes”… Foi mais ou menos desse pressuposto que partiu o humorista/repórter Rafinha Bastos, do CQC, no vídeo Manual de Reportagem. São dicas para fazer uma daquelas matérias mais básicas de televisão, provavelmente sobre alguma pesquisa ou estudo. Impossível não ter uma sensação de deja vú e, claro, rir horrores…

PS: Minha amiga Trícia deu a dica também do vídeo que inspirou esse (em inglês).

6 de março de 2010. Jornalismo, Televisão, Vídeo. 1 comentário.

Pomplamoose

Um casal com ideias criativas na cabeça. Foi o que bastou para os californianos Nataly Dawn e Jack Conte montarem um duo musical inovador.  Há quase dois anos eles produzem videosongs (clipes que mostram como a música foi construída, em uma espécie de making of) autorais e covers de músicas famosas que misturam diversos instrumentos e arranjos musicais.

A criatividade é tanta que até o nome da banda é diferente: Pomplamoose, ou grapefruit (aquela frutinha comum nos EUA que parece laranja) em francês. O resultado é incrível e pode ser conferido no myspace e no site deles. Inclusive, foi pela internet, principalmente pelo Youtube, que eles ficaram conhecidos e aparentemente adoram isso. Tanto que liberam todas as músicas para download sem problemas de direitos autorais e blá blá blá. Um verdadeiro exemplo.

Abaixo a versão indie folk do Pomplamoose para o hit Single Ladies da Beyoncé.

21 de novembro de 2009. Internet, Música, Vídeo. Deixe um comentário.

Jane Austen Macabra

Nada como pegar um clássico da literatura e transformá-lo em zoação, não é mesmo?

Esse foi o objetivo de Jason Rekulak, editor da Quirk Books. Ele foi o idealizador de adaptações de obras da renomada autora inglesa Jane Austen em que zumbis, vampiros e monstros do mar passaram a protagonizar histórias ao lado dos personagens originais.

O primeiro foi Orgulho e Preconceito e Zumbis, “co-escrito” por Seth Grahame-Smith e lançado em janeiro. O livro vendeu mais de 850 mil cópias nos Estados Unidos, o que o deixou 18 semanas seguidas na lista dos 10 mais do New York Times. A história original, de 1813, acabou mais interessante com o terror e o bizarro, além do puro romantismo típico da autora.

O segundo livro da série é Razão e Sensibilidade e Monstros do Mar. Até o fim do ano, o objetivo da Quirk Books é lançar pelo menos mais três versões modificadas de Austen. No ano que vem, o primeiro livro chega ao Brasil pela editora Intrínseca, depois de já ter passado por quase 20 traduções.

Seguindo o sucesso, outras editoras também resolveram fazer releituras aterrorizantes, principalmente com vampiros. É o caso de Mr. Darcy, Vampyre (em referência ao protagonista de Orgulho e Preconceito), Vampire Dar-cy’s Desire e Jane´s Bites Back (sobre a própria autora).

O melhor de tudo isso? Dizem que Orgulho e Preconceito e Zumbis vai virar filme. Com certeza vai ser um sucesso maior ainda. Para matar um pouco a curiosidade, a Quirk Books lançou um vídeo para divulgar o livro Razão e Sensibilidade e Monstros do Mar:

15 de novembro de 2009. Cinema, Literatura, Publicidade, Vídeo. Deixe um comentário.

Próxima Página »